VideoBar

Este conteúdo ainda não se encontra disponível em ligações encriptadas.

terça-feira, 12 de junho de 2012



 AGUARDO O MUNDO DOS ANJOS, por IR

Talvez esteja condenada à solidão
Do meu mundo interior,
Aquele que criei só para mim
Quando me zanguei com os Homens
Hipócritas, Maquiavélicos e Invejosos,
Sem coração e sem fé.

Já não sou deste mundo!
Já não sou deste mundo!

Aguardo o mundo dos Anjos
De asas puras e grandiosas
Meus tutores e ouvintes
Da minha alma inquieta
Pela miséria desta Humanidade
Sem dó, onde paira, em todos os ares,
A inglória dos Justos
E a glória da má-fé

IR, 12/06/2012


Enviar um comentário