VideoBar

Este conteúdo ainda não se encontra disponível em ligações encriptadas.

domingo, 11 de outubro de 2009

A pujança da escrita
Enobrece-me a Alma.
Torna-a sensível,
Sempre desperta
Para os infinitos traços
Dos exasperáveis actos dos Homens
Que avançam,
Sem auto-crítica,
Sem racionalidade…

Isabel Rosete
Enviar um comentário