VideoBar

Este conteúdo ainda não se encontra disponível em ligações encriptadas.

segunda-feira, 13 de dezembro de 2010

Não sossegas
Oh, minha alma
Na paixão dos des-encontros!

Vagueias pelo corpo luminoso
Do teu amante,
Que não está.
Palpitas,
Arritmadamente,
No seio do teu coração
Tão ansioso!

IR
Enviar um comentário