VideoBar

Este conteúdo ainda não se encontra disponível em ligações encriptadas.

domingo, 11 de agosto de 2013

"TOQUE EXTASIADO"
Por IR (semi-heterónimo de Isabel Rosete)

«O teu corpo é singular na majestade
Do seu cheiro e do seu sabor.
Assim te ama o meu corpo
Na virgindade de cada vez que o tocas.

Ah, esse toque tão extasiado
Que me faz reencontrar a Paz que eleva o Amor,
Para além das horas;
A Tranquilidade que afasta o Medo e a Dor,
Para além dos dias;
Os campos de acácias silvestres,
Para além das noites!

Ah, esse toque tão extasiado
Que traz a Placidez e
Aqueles Amores-Perfeitos em canteiros renascidos
No nosso Jardim roxo de cheiro a girassóis,
Onde Van Gogh pintou os lírios e os ciprestes
Que tocam os céus, em pinceladas pastosas,
E fez surgir o silêncio do amarelo-cobre do Sol indefinido!»

IR
Enviar um comentário