VideoBar

Este conteúdo ainda não se encontra disponível em ligações encriptadas.

quarta-feira, 4 de novembro de 2015

António Pinho Vargas - La Corazon



"O MEU PEITO DESTROÇADO", por Isabel Rosete
(Sob a inspiração de António Pinho Vargas)



«O meu coração vive partido
Nas sombras de um amor
Que não chega
Em reflexos encadeado.
Não sei o que é feito dele!
Não sei se se perdeu
Por entre as vagas alterosas,
Ou por entre as correntes alvoraçadas
Daquele mar vazio de emoções,
De cristais que brilham ao anoitecer
Quando só a Música se houve,
Ao longe, como um chamamento
Encantatório, que brilha, indelével,
No meu peito destroçado.»
Isabel Rosete
Enviar um comentário