VideoBar

Este conteúdo ainda não se encontra disponível em ligações encriptadas.

terça-feira, 17 de janeiro de 2012

Entre-vidas

A Mário de Sá Carneiro

Quasi vegetativo, o moribundo
Adormece no seu leito de morte
Desamparado pelos que já não o sentem.
A chegada da morte aproxima-se.
E a morte é coisa para se viver só.

IR, Ílhavo, 17/07/2011

Enviar um comentário