VideoBar

Este conteúdo ainda não se encontra disponível em ligações encriptadas.

quarta-feira, 5 de março de 2008

Os sons
Vão e vêm…

Apossam-se
De todo o ente carente
À espera do sossego musical…

A magia inebriante da música
Tudo atinge
Tudo penetra…

Nos tenebrosos rochedos
Do Cáucaso
Ecoou…


Permanece Prometeu
Agrilhoado…

O prudente
O previdente…

Aos homens
O fogo doou
Como sinal do seu amor…

Qual espécie errante
Nasceu
Bicéfala…

Capaz das maiores proezas
E das maiores atrocidades…

Isabel Rosete
31/05/07
25/01/08
Enviar um comentário