VideoBar

Este conteúdo ainda não se encontra disponível em ligações encriptadas.

quinta-feira, 19 de fevereiro de 2009

Não há espeços vazios
Na escuridão intra-estrelar.
Apenas pedaços de céus
Envelhecidos
Pela humanidade emturpecidos
No reino caótico
Do Tudo e do Nada.

Isabel Rosete
Enviar um comentário