VideoBar

Este conteúdo ainda não se encontra disponível em ligações encriptadas.

sexta-feira, 25 de julho de 2008

Postos os olhos nos céus claros,
Vemos o Infinito.

O brilho das Estrelas
Ilumina-nos a Alma,
Destroçada,
Pelas mazelas da Vida vivida,
Em derredor do Nada

Isabel Rosete
03/03/08
Enviar um comentário