VideoBar

Este conteúdo ainda não se encontra disponível em ligações encriptadas.

sexta-feira, 22 de janeiro de 2010


A minha Alma evade-se
Por entre as travessuras das crianças.

Chora a Infância que não teve
Em plena nostalgia
Des-consulada!

Remove um tempo que já foi
E
Não volta mais.

No olhar dos infantes
Enxerga uma inocência
Que já não existe
Uma pureza originária
Que não cabe mais no coração
Dos homens.

10/12/2008
Enviar um comentário